28 fevereiro 2008


"Cada homem, desde que começa a viver, começa também a morrer" (Pe. João António)

Um comentário:

Alguém que às vezes gosta de pensar.... disse...

Desde o momento em que nascemos...ou mesmo antes, não sei...no nosso corpo células vão morrendo para dar lugar a outras!! Durante a infância e adolescência o nº de células que morrem são inferiores ao nº de células que se formam e dividem...Numa parte da vida adulta esse nº é igual... Quando caminhamos para a velhice, o nº de células que morrem são superiores àquelas que se reproduzem e que são originadas... (Excepto se se tratar de cancro)
Quando somos crianças, adolescentes, adultos ou mesmo idosos...sabemos que aos poucos e poucos vamos morrendo!!Afinal...não é esse o nosso objectivo??Não foi para isso que nascemos??
Um abraço